Pular para o conteúdo principal

Projeto de Regulamentação passa pela 1ª Comissão. Parabéns Designers!

Profissionais e estudantes de design acompanharam a sessão de 28.03.2012 da CTASP - Comissão de Trabalho, de Adminstração e Serviço Público na qual foi aprovado o projeto de lei 1391/2011 que regulamenta a profissão de Designer. A próxima a etapa é o projeto ser encaminhado a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania - CCJC para apreciação e votação, e em seguida para a sanção da Presidente da República Dilma Rousseff.

http://instagr.am/p/It8Ho2G7DY/

Desde a semana passada, uma comissão de designers vinha se reunindo com os assessores dos deputados Roberto Santiago (PSD/SP) Efraim Filho (DEM/PB), Penna (PV/SP), Sandro Mabel (PMDB/GO) e Assis Melo (PCdoB/RS) para estudar as modificações a serem feitas no projeto de lei que não apenas garantisse sua aprovação na CTASP como também facilitasse seu trâmite na CCJ.

http://instagr.am/p/It8H19G7DZ/ ("Deputado Mauro Nazif, responsável pelo pedido de inversão de pauta na sessão que permitiu a votação do projeto de lei")

Apesar de sermos o 45º item na ordem da votação da sessão de do dia 28, foi solicitada a inversão de pauta pelo deputado Mauro Nazif (PSB/RO) a pedido da deputada Andreia Zito (PSDB/RJ) que nos deu prioridade na sessão.

http://instagr.am/p/IuEYtsm7E4/ ("O relator do projeto Deputado Efraim Filho redigindo as propostas de modificação no projeto de lei")

O relator Efraim Filho apresentou verbalmente as modificações feitas em comum acordo com os gabinetes dos deputados que haviam pedido vista (revisão) do projeto de lei, apoiado pelos aplausos dos manifestantes reconhecidos pelas camisetas amarelas produzidas pela Adegraf e distribuindo adesivos 'Regulamentem o Designer Já!' entre os parlamentares.

http://instagr.am/p/It8E3bG7DX/
http://instagr.am/p/IuE0-um7E_/
("Deputados Flávia Morais, Walney Rocha e Sandro Mabel apoiando a regulamentação do designer")

Após uma série de contrapropostas e debates, o projeto de lei foi aprovado por unanimidade com duas pequenas modificações no projeto original: o registro, controle e fiscalização não são descritos mais sob a responsabilidade de conselhos federal e regional a serem criados (que não estavam, nem poderiam estar, detalhados no projeto) e sim do Ministério do Trabalho; e fica assegurado o exercício da profissão aqueles que o comprovarem por um período superior a 3 anos (e não mais a 5).

O presidente da CTASP deputado Sebastião Bala Rocha (PDT/AP) conduziu a votação após ouvir questionamentos e depoimentos de apoio dos deputados Jorge Corte Real e Silvio Costa (PTB/PE), Walney Rocha (PTB/RJ), Gorete Pereira (PR/CE) e Flávia Morais (PDT/GO), e após a aprovação desejou boa sorte aos designers rumo a CCJC.

http://instagr.am/p/IuK0CJG7F0/ (“O presidente da CTASP deputado Sebastião Bala Rocha desejando boa sorte aos designers rumo a CCJC”)

A mobilização da classe nas redes sociais, entidades profissionais e instituições de ensino foi essencial para esta primeira vitória. Gostaríamos de pedir aos profissionais e  representantes destas que enviassem emails de agradecimentos aos deputados da CTASP, em especial aos mencionados aqui – até por que esta estratégia deverá se repetir quando da ida do PL ao CCJC.

http://instagr.am/p/IucLrQG7IT/

Um registro da sessão pode ser acompanhado pelo link  http://www.youtube.com/watch?v=TaKxS7Z_iJQ&feature=youtu.be



– – 
Lembramos que este é um momento oportuno para crescermos. Torne-se membro da Adegraf, ADG Brasil, ADP, ApDesign, Abedesign ou outras associações profissionais.
– – 


Acesse os links abaixo e veja o depoimento do Dep. Efraim Filho, relator do projeto de regulamentação da profissão de designer e deu parecer favorável.








Associação dos Designers Gráficos do Distrito Federal – ADEGRAF





















Postagens mais visitadas deste blog

Criação do Fórum Brasileiro de Design

Atenção: notícia exclusiva publicada em primeira mão pelo blog políticas de design hoje, dia 28 de novembro de 2008, foi criado, no centro design rio, o fórum brasileiro de design, entidade que se propõe a congregar as associações profissionais e acadêmicas e os centros de promoção de design brasileiros, estabelecendo, pela primeira vez, uma consonância de propósitos e atuações de toda a comunidade de design brasileira. o fórum brasileiro de design nasce da conclamação das associações reunidas durante a brazil design week, no sentido de se promover o alinhamento da atuação e de reivindicações, criando massa crítica e representatividade para se dialogar com o governo no planejamento e execução de políticas públicas de design e na realização coordenada de ações de promoção do design brasileiro. neste sentido, o fórum será um organismo supra-institucional, de representatividade conjunta de todas as associações e centros de promoção quando isto se fizer necessário. o fórum não pretende

Nova Tabela Referencial ADEGRAF 2013-2015

A nova Tabela Referencial da ADEGRAF está disponível para download! É uma importante ferramenta para os designers elaborarem os valores dos serviços de design. Acesso por ( Link ) e QRCode

BRASÍLIA CAPITAL DESIGN

O DESIGN E A CIDADE Nossa Brasília nasceu de um projeto inovador com a promessa de desenvolver o Centro do Brasil. A cidade de todos os brasileiros respira inovação e inspira criatividade!   Cidade Criativa da UNESCO* na área de Design, desde 2017,    este reconhecimento nos trouxe mais comprometimento em contribuir com a economia criativa, os direitos humanos, realizar eventos e exposições, deixando um legado consistente para a formação, inclusão e continuidade do titulo conquistado! Muita coisa boa já estava acontecendo nos últimos 5 anos, fizemos jus ao titulo! Há um ano tivemos aqui a 12ª Bienal de Design Gráfico, inédita em nossa cidade e ponto de partida para tantos excelentes eventos que acontecem atualmente, tais como, o Seminário Internacional de Economia Criativa (Brasília2060), Brasília Design Forum e o MAPA Design Brasília, bem como a 1ª Mostra Brasília Cidade Design, com diversas obras inspiradas em nossa capital, ícone do modernismo no Brasil. Há cada