24 de ago de 2011

Workshop sobre acessibilidade web


Dia 14 de setembro o Comoequetalá e o Acesso Digital trazem à Brasília o Workshop de acessibilidade web. Referência nacional na área, Horácio e Lêda garantem acesso à internet por todas as pessoas nas mais diversas situações e andam por todo o Brasil auxiliando profissionais e estudantes a se tornarem especialistas completos.
A internet está se tornando o principal meio de acesso à informação e à comunicação para um público que cresce rapidamente. Este crescimento inclui pessoas com diversos tipos de deficiências, permanentes ou temporárias, que vão desde uma deficiência visual ou motora, que impossibilite o uso do mouse, até problemas decorrentes da idade avançada ou da fratura de um membro. Mas além desses vários tipos de público, a mesma pessoa pode acessar a Web em diferentes situações. Ela pode, por exemplo, estar usando uma linha discada, um navegador incomum, um celular, um PDA, etc. Contudo, nem sempre este acesso é possível, pois um site pode utilizar tecnologias e codificações incompatíveis com esta diversidade de tipos de usuários e contextos.
Para garantir o acesso à internet por todas as pessoas e nas mais diversas situações, foram criadas diretrizes internacionais de codificação. Para defender o direito de acesso pelas pessoas com deficiência, existem leis nacionais. Para auxiliar à equipe de desenvolvimento na criação de sites acessíveis, existem técnicas e softwares específicos.
Acesso Digital Abre em novo site, com base na sua experiência de consultoria e formação de profissionais web em técnicas de acessibilidade, tendo ministrado cursos no Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Recife, está lançando em Brasília um novo modelo de formação: o I Workshop de Acessibilidade Web.
Será um evento com duração de 8h, onde será discutida a implementação da acessibilidade em projetos web e serão abordados os mais variados aspectos, desde conceitos fundamentais, até as novas tecnologias, incluindo a metodologia desenvolvida pela Acesso Digital para avaliação da acessibilidade de sites.

Objetivo

Apresentar as informações, ferramentas e procedimentos utilizados na criação, manutenção e validação de sites acessíveis, bem como no gerenciamento de projetos web que incluem em seu foco a acessibilidade.

Público-alvo

Gerentes responsáveis por conduzir e/ou contratar projetos Web, testadores de software, inspetores de qualidade, promotores do ministério público, desenvolvedores, webdesigners e todos os outros profissionais e estudantes envolvidos na contratação, planejamento, arquitetura, criação, desenvolvimento e manutenção de projetos Web.

Local

Fenix Eventos - ParlaMundi da LBV
SGAS 915 Sul Lotes 75/76 - 3o. subsolo do ParlaMundi da LBV - Sala 2
Telefone: (61) 3346-8420
Site: ParlaMundieventos

Instrutores

Duração

8 horas.

Valor

R$ 320,00 (trezentos e vinte reais).

http://comoequetala.com.br/workshops/workshop-de-acessibilidade-web-com-a-horacio-soares-e-leda-spelta

23 de ago de 2011

Proposta regulamenta profissão de designer - Agência Câmara de Notícias

Acompanhe e vote no site.


Tramita na Câmara o Projeto de Lei 1391/11, do deputado Penna (PV-SP), que regulariza a profissão de designer. O texto define o designer como o profissional que desempenha atividade especializada na elaboração de projetos de sistemas e/ou produtos e mensagens visuais que podem ser produzidas em série.
De acordo com a proposta, esses profissionais deverão ter graduação em design no Brasil ou no exterior ou em áreas afins como Comunicação Visual, Desenho Industrial, Programação Visual, Projeto de Produto, Design Gráfico, Design Industrial, Design de Moda e Design de Produto. Também poderão se registrados como designers pessoas com mais de cinco anos de profissão.

Atividades
O texto reconhece as seguintes atividades do designer:
- planejamento e projeto de sistemas, produtos ou mensagens visuais ligados aos respectivos processos de produção industrial objetivando assegurar sua funcionalidade ergonômica, sua correta utilização, qualidade técnica e estética, e racionalização estrutural em relação ao processo produtivo;
- projetos, aperfeiçoamento, formulação, reformulação e elaboração de desenhos industriais ou sistemas visuais sob a forma de desenhos, diagramas, memoriais, maquetes, artes finais digitais, protótipos e outras formas de representação bi e tridimensionais;
- estudos, projetos, análises, avaliações, vistorias, perícias, pareceres e divulgação de caráter técnico-científico ou cultural no âmbito de sua formação profissional;
- pesquisas e ensaios, experimentações em seu campo de atividade e em campos correlatos, quando atuar em equipes multidisciplinares;
- desempenho de cargos e funções em entidades públicas e privadas cujas atividades envolvam desenvolvimento e/ou gestão na área de design;
- coordenação, direção, fiscalização, orientação, consultoria, assessoria e execução de serviços ou assuntos de seu campo de atividade;
- exercício do magistério em disciplinas em que o profissional esteja adequadamente habilitado;
- desempenho de cargos, funções e comissões em entidades estatais, paraestatais, autárquicas, de economia mista e de economia privada.
Conselhos
O projeto também prevê a criação de conselhos federal e regionais para registro, controle e fiscalização da categoria. O registro deverá ser emitido seis meses após a norma entrar em vigor.
Segundo o autor, a proposta é uma reivindicação de 30 anos de mais de 60 mil profissionais e 100 mil estudantes em 380 cursos no Brasil. “Sem um registro profissional, o Poder Público não pode contratar um designer, já que a Lei das Licitações (8.666/93) diz que a única maneira de caracterizar uma profissão é pelo seu registro.”
Tramitação
A proposta terá análise conclusiva das comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Fonte: www.camara.gov.br

http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/TRABALHO-E-PREVIDENCIA/201432-PROPOSTA-REGULAMENTA-PROFISSAO-DE-DESIGNER.html



16 de ago de 2011

Concurso de Capas Revista Refile

Comunicamos que foi realizada pela comissão da ADEGRAF e SINDIGRAF-DF, a análise das capas enviadas pelos participantes. Em breve divulgaremos o resultado final do concurso.

Agradecemos aos participantes deste concurso.
Aguarde novas ações da ADEGRAF.

13 de ago de 2011

Mais uma palestra realizada...


No último dia 9 de agosto, realizamos mais uma palestra em parceria com o IESB. O público assistiu uma excelente palestra sobre Processo Criativo. O publicitário Savio Zambrotti proporcionou um evento de forma descontraída e com muita propriedade. 

Cerca de 100 pessoas (entre Profissionais e estudantes), puderam conhecer um pouco mais sobre o tema, além de terem o contato pessoal com um dos profissionais da comunicação mais conhecidos do Distrito Federal.

No próximo dia 13/9, teremos novo evento, participe!

Veja algumas fotos do evento...