1 de out de 2015

Aprovado projeto que regulamenta profissão de designer

O Plenário do Senado aprovou nesta quarta-feira (30) o projeto que regulamenta a profissão de designer. O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 24/2013, do ex-deputado Penna (PV-SP), determina que somente os titulares de curso superior, ou pessoas com experiência mínima de três anos até a data de publicação da lei, possam exercer a profissão de designer. O projeto agora segue para sanção presidencial.
Pela proposta, fica vedada a entrada no mercado de trabalho de pessoas sem a adequada qualificação para realizar atividades envolvendo desenhos industriais, pesquisa, magistério, consultoria e assessoria, conexas aos desenhos. Além disso, o fruto do trabalho do designer passa a ser protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei 9.610/1998).
Os diplomas de graduação que serão considerados válidos são os emitidos pelos cursos de Comunicação Visual, Desenho Industrial, Programação Visual, Projeto de Produto, Design Gráfico, Design Industrial, Design de Moda e Design de Produto, reconhecidos pelo Ministério da Educação. O projeto ainda prevê punição para a pessoa física ou jurídica que usar a denominação designer ou empresa de design sem cumprir os critérios estabelecidos na lei.

20 de mai de 2015

Codhab lança concurso público para sua nova marca





A Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab) lança nesta segunda-feira o concurso para escolha da sua nova marca. Poderão se inscrever profissionais de todo o País das áreas de desenho industrial, programação visual, publicidade, arquitetura e comunicação, individualmente ou em equipe, com um trabalho inédito por interessado. A participação no concurso é restrita a pessoas físicas.

A ficha de inscrição e demais informações sobre o concurso está no site da Codhab – Codhab.df.gov.br. A escolha da identidade visual é o primeiro concurso da companhia. 

São critérios básicos de julgamento dos trabalhos apresentados a criatividade, objetividade, funcionalidade, viabilidade técnica e econômica e, no caso de projetos de arquitetura, a integração com o meio ambiente.

As inscrições no concurso da identidade visual da Codhab serão feitas a partir de hoje, dia 18 de maio – até o dia 2 de julho próximo. O julgamento dos trabalhos ocorrerá de 13 a 15 de julho, sendo que o resultado será anunciado dois dias depois, em 17 julho.
O vencedor receberá  R$ 10.000,00 (dez mil reais) na divulgação do resultado e R$ 15.000,00 (quinze mil reais) na entrega do Manual de Identidade Visual. No material disponibilizado pelo concurso, os participantes terão a oportunidade de conhecer os símbolos de empresas públicas e fundações do Distrito Federal.

O órgão encarregado da execução da política habitacional do Distrito Federal começou a funcionar dois anos depois da inauguração de Brasília, em 1962, com a denominação de Sociedade de Habitação Econômica de Brasília (SHEB). Em 1964, o nome foi trocado para Sociedade de Habitação de Interesse Social (Shis). Trinta anos depois, houve um novo batismo e no lugar da Shis, surgiu o Instituto de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Idhab) – cujo nome foi novamente trocado em 2007 para a atual Codhab. 

Para mais informações sobre o concurso:





4 de mai de 2015

Vem ai a 11ª Bienal Brasileira de Design Gráfico



Este ano, o Rio de Janeiro recebe, pela primeira vez, a Bienal Brasileira de Design Gráfico. Organizada pela ADG Brasil – Associação dos Designers Gráficos, a Bienal chega à sua 11a edição confirmando seu papel de destaque na divulgação do melhor do design gráfico no Brasil.
Programada para acontecer no fim do segundo semestre, em local ainda a ser definido, esta edição do evento pretende se tornar a maior da história das Bienais. A campanha de divulgação nas redes sociais está estimulando osdesigners das mais variadas regiões do país a quebrarem o recorde de inscrições dos anos anteriores, explorando de maneira leve as disputas regionais.
Sob curadoria de Ricardo Leite, sócio e diretor de criação da CRAMA Design Estratégico e de Leo Eyer, diretor de design da Boldº_a design company, a Bienal vai reunir dezenas de especialistas de diversas partes do mundo. Eles serão os responsáveis pela seleção dos projetos que melhor representam o design de qualidade produzido nos últimos dois anos em território nacional e/ou por designers brasileiros fora do país.
Além dos projetos profissionais, a Bienal também recebe trabalhos de graduação de estudantes, desde que tenham sido desenvolvidos nos anos de 2013 e 2014. A taxa de inscrição para cada trabalho é de R$ 150,00, sendo que associados Adegraf têm 20% de descontos na inscrição de 2 trabalhos. Vale lembrar que a taxa é cobrada apenas na inscrição dos trabalhos. O ingresso para o evento é gratuito.
As inscrições devem ser feitas até o dia 10 de maio de 2015.
Mais informações: http://bienaladg.org.br

13 de abr de 2015

Concurso do Cartaz do 29 prêmio design Museu da Casa Brasileira



Inscrições prorrogadas até 3 de maio.
Entrega do cartaz impresso: até 7 de maio

As inscrições para o Concurso do Cartaz foram prorrogadas até 3 de maio, domingo, apenas para quem optar por pagamento via débito ou crédito. Pagamentos via boleto continuarão sendo aceitos apenas se efetuados até 30 de abril, mesmo para boletos com vencimento posterior.
Os prazos de entrega do cartaz impresso (18h do dia 7 de maio, de 2ª a 6ª feira das 10h às 18h, exceto feriados) e para a finalização da inscrição no site (0h de 7 de maio) continuam os mesmos. Atente-se às datas e em caso de dúvidas entre em contato pelo e-mail 29premiodesign@mcb.org.br.
Sobre o Concurso do Cartaz do 29º Prêmio Design MCB
Principal premiação de design do país, o Prêmio Design MCB começa sua 29ª edição com o Concurso do Cartaz. Até 3 de maio as inscrições estão abertas aqui pelo site, no qual é possível também conferir o regulamento completo e efetivar o pagamento da taxa de participação de R$40. Será oferecido desconto para grupos de 10 ou mais estudantes sendo que, para isso, é necessário que o professor responsável pelo grupo entre em contato com o MCB (pelo e-mail 29premiodesign@mcb.org.br).
O concurso, realizado pelo Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, desafia profissionais e alunos de diversas formações como design gráfico, desenho industrial, arquitetura, fotografia, artes plásticas, publicidade e os demais interessados a criar a principal peça de divulgação da premiação. Os trabalhos serão avaliados por uma comissão julgadora independente, formada por acadêmicos e profissionais da área. 
O cartaz eleito, que inspira a identidade visual da edição, será impresso pelo MCB e distribuído para divulgar as inscrições da premiação. Seu autor receberá prêmio de R$3 mil e terá, posteriormente, um contrato no valor de R$5 mil para a criação de outras peças gráficas desta edição. 
Ponto de partida para o desenvolvimento da identidade, o cartaz não tem tema definido e deve considerar critérios como impacto visual e criatividade. Além do vencedor, o júri também escolherá cartazes finalistas, que farão parte da exposição 29º Prêmio Design, em exibição a partir de 26 de novembro no Museu da Casa Brasileira.
O Prêmio Design MCB adotou o cartaz como peça central de sua comunicação a partir de 1989. Em 1995, passou a realizar sua escolha por meio do concurso que, além de registrar parte do momento vivido pelo design gráfico nacional, também sinaliza a importância e a busca de espaço do cartaz como meio de expressão. 
Confira aqui o regulamento desta edição do Concurso do Cartaz.
Sobre o Prêmio Design MCB
O Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, realizado pela instituição desde 1986, desfruta de grande prestígio no segmento, com uma história que reflete a trajetória da consolidação da identidade do design nacional. Revelação de talentos e consagração de profissionais, o Prêmio Design é a mais tradicional e reconhecida premiação do segmento no Brasil.