Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2018

Sobre Designers & Negócios

Quando falamos em gestão de marcas, entendemos ser um processo coletivo, realizado por um grupo de profissionais, entre eles, designers.

"Quanto mais as empresas passam a enxergar design como uma oportunidade de gerar negócios, maior fica a responsabilidade e o escopo de atuação dos designers dentro dessas mesmas empresas. O conselho aqui é: embrace the chaos."   Fabricio Teixeira, Design Director na Work & Co

Há mais de uma década o design tem sido visto com mais e mais interesse por executivos e estrategistas brasileiros, refletindo um movimento global: a inclusão do design como fator importante no desempenho das empresas.
Porém, a atitude inversa tem sido pouco notada. Tenho visto poucos designers gráficos demonstrando interesse no mundo dos negócios e isso, para mim, é um problema.
Se alguns ainda acham que ser conhecedor dos aplicativos gráficos e saber reproduzir as tendências visuais é o que importa, precisamos conversar. Em tempos de serviços de design online, o …

O Design e a Pedagogia Waldorf

"Só quando houvermos aprendido a amar a objetividade, a realidade das coisas, as coisas tal qual são, é que poderemos decidir-nos por meio de razões lógicas. Assim aprenderemos gradativamente a pensar de modo objetivo, sem preferência por este ou aquele pensamento. Nossa visão das coisas se alargará, nosso pensamento se tornará prático – não no sentido rotineiro, mas de modo tal que os objetos e fenômenos do mundo exterior é que nos ensinarão a pensar." Rudolf Steiner Fui convidada para escrever para este blog uma vez por mês e confesso que recebi com espanto o convite, mas me enchi de coragem e aceitei o desafio de compartilhar aqui os conteúdos que me movem e transformam. Design, educação, filosofia, antroposofia, fenomenologia, autoconhecimento, propósito, estes são alguns dos assuntos que pretendo trazer para este espaço. Vou contar aqui um pouquinho da minha tese de conclusão da formação que acabo de concluir sobre a Pedagogia Waldorf.
Desde que meus filhos nasceram a min…

Design à toda velocidade no Louwman Museum

Na Holanda, uma das maiores coleções particulares de automóveis do mundo está repleta de histórias e lições de design e marketing.
Em 1934, o revendedor de carros importados Pieter Louwman comprou um Dodge 1914 e não parou mais. Agora sob a guarda de seu filho Evert, a coleção de mais de 250 carros é o principal chamariz do Louwman Museum (antigo Nationaal Automobiel Museum), localizado na saída da Haia, na Holanda, ao lado da residência da Princesa Beatrix, que o inagurou em 2010.
Alojada em um largo e singular prédio de três andares - que se assemelha a uma fábrica cercada por um belo parque - com mais de 10.000 m² de espaços expositivos, a coleção não se restringe apenas à automóveis. O museu possui uma seleção de motocicletas, bicicletas, carruagens (lembrando que a Holanda possui uma monarquia que ainda usa este tipo de veículo com frequência) e outros meios de transporte, como réplicas do avião Spyker Farman HF-20 de 1913 e da cabine de um zeppelin. Alguns veículos estão mantidos…

Afinal, qual a importância de fazer parte de uma associação?

Tenho visto muitos colegas de profissão discutindo sobre estar ou não filiado à uma associação de classe. Geralmente perguntam: o que eu ganho com isso? Quais as vantagens? Porém, as associações não são necessariamente clubes de super vantagens, oferecendo bônus aos seus participantes. São entidades que buscam valorizar a sua profissão e investir nos seus associados. Acredito que seria melhor perguntar: como posso fortalecer minha associação? Ou… Como posso contribuir para melhorar a minha profissão?

Via de regra são entidades gerenciadas por voluntários, que disponibilizam parte do seu tempo em benefício dos outros associados. Penso que são pessoas que entenderam o poder da coletividade e desejam uma profissão reconhecida e valorizada.

As associações realizam eventos, aumentam as redes de relacionamentos entre profissionais, criam parcerias, etc. Em geral trabalham praticamente no vermelho, pois sobrevivem basicamente das suas anuidades. E essas anuidades são uma grande barreira para o…