Pular para o conteúdo principal

12º Prêmio Jorge Salim de Excelência Gráfica / 1º Troféu Jorge Salim de Design Gráfico


Ocorreu em 14 de abril de 2011 a 12ª Edição do Prêmio de Excelência Gráfica Jorge Salim.
Participaram do evento grande parte das gráficas do Distrito Federal, profissionais de criação, autoridades, empresários, clientes e fornecedores. 
Percebeu-se que a qualidade dos trabalhos apresentados têm aumentado a cada ano, demonstrando que o parque gráfico do DF não perde para nenhum outro do País.
Este já é um dos maiores eventos gráficos do Brasil, e a tendência é crescer cada vez mais.

Este ano, uma das novidades foi a criação do Troféu Jorge Salim de Design Gráfico.
Uma iniciativa do Sindicato das Indústrias Gráficas do Distrito Federal (SINDIGRAF-DF) e da Associação dos Designers Gráficos do Distrito Federal (ADEGRAF).
Esta premiação visa reconhecer e valorizar a força criativa dos designers do DF. Além de fortalecer o vínculo entre os criadores (designers e diretores de arte) e as gráficas, que produzem as peças.
Foram cinco troféus, divididos nas modalidades editorial e promocional. Os trabalhos foram avaliados por uma comissão especialista na área, representando o segmento gráfico (indústria gráfica), o meio acadêmico e os clientes. A qualidade criativa dos trabalhos também surpreendeu, tornando difícil a escolha do melhor trabalho em cada categoria.

Este trabalho é o início da realização de um sonho, que é a criação de um prêmio de Design Gráfico no Distrito Federal, organizado pela ADEGRAF.
Sua realização foi de grande importância, já que estimulará a maior participação de designers e agências nas próximas edições.
A tendência é de criar novas categorias, estimular o poder criativo, reforçar a parceria com as gráficas do DF e mostrar que podemos produzir um design inovador.
Estaremos buscando parceiros que têm esta mesma visão para consolidar o prêmio e realizar novas edições.

Parabenizamos os finalistas, principalmente os vencedores, que puderam mostrar um pouco do que o mercado do design gráfico pode oferecer aos seus clientes.
Sem esquecer das grandes parceiras, as gráficas, que têm investido na qualificação técnica de pessoal, na estrutura física e de equipamentos, que aumentam as possibilidades na produção das peças gráficas.
Também não podemos deixar de citar os fornecedores que desenvolvem, representam ou distribuem  substratos, suportes, equipamentos, tintas, papéis e demais produtos gráficos.
Percebemos grande preocupação no aumento de tecnologia, nas possibilidades técnicas e no respeito ao meio ambiente na produção desses materiais.

Segue abaixo os vencedores:

1º TROFÉU JORGE SALIM DE DESIGN GRÁFICO
Categoria 1 – Editorial (Livros e Revistas)
Produto: Inferno Estético – Maciej Babinski 
Criação: David Borges
Gráfica: Cidade Gráfica e Editora
Categoria 2 – Editorial (Catálogos e Relatórios)
Produto: Portfólio Arquitectar
Criação: Carolina Zannon – Ilha Design Gráfico
Gráfica: GH Comunicação Gráfica
Categoria 3 – Promocional (Folder/Convite/Folheto)
Produto: Viverde Residências do Noroeste
Criação: Atual Propaganda
Gráfica: Coronário Editora Gráfica
Categoria 4 – Promocional (Calendários e Embalagens)
Produto: Brasília 50 Anos/Homenagem a Lúcio Costa
Criação:: Camilo Righini - Boi Bumbá Design
Gráfica: Charbel Gráfica e Editora
Categoria 5 – Promocional (Papelaria)
Produto: Fields Comunicação
Criação: Fields Comunicação
Gráfica: Coronário Editora Gráfica 

Agradecemos ao presidente do SINDIGRAF-DF, Sr. João Ferreira dos Santos e ao vice-presidente para Comunicação e Marketing, Sr. Ubirajara Alves Costa, por acreditarem e apoiarem este projeto.

Eduardo Meneses
Presidente da ADEGRAF

Postagens mais visitadas deste blog

Tabela Referencial de Valores da Adegraf 2016-2018

Está no ar a nova Tabela Referencial de Valores da Adegraf. Trabalho desenvolvido a muitas mãos, a Tabela deste ano está mais completa e muitos termos foram revistos e atualizados, visando sua melhor compreensão por parte do público, tanto dos profissionais que a utilizam quanto do mercado.
Esperamos que ela continue servindo de referência a todos e agradecemos o trabalho conjunto dos associados que ajudaram na realização deste projeto. Clique aqui para fazer o download ou copie e cole o link: http://media.wix.com/ugd/819e53_64a1447f6e234ee79612f012c49dd43e.pdf

Diretoria Adegraf


A Marca do Designer

Em 1986, após sua saída da Apple, Steve Jobs chamou Paul Rand – um dos mais influentes designers gráficos do século XX – para criar a marca de sua nova empresa, a NeXT. Desse projeto, Jobs tirou lições que, segundo ele, todo o designer, cliente ou empreendedor deveria considerar.
Nesta entrevista, ele contou como foi trabalhar com Paul Rand e o que aprendeu com o designer. 

Já nós, designers, podemos aprender com a postura profissional de Paul Rand, se posicionando como especialista para resolver o problema da empresa. Jobs o descreve como, “mais que um artista, um solucionador de problemas de negócios”.
Steve Jobs desejava que sua nova empresa tivesse um símbolo que fosse imediatamente associado à marca – algo que leva muito tempo e dinheiro para acontecer na mente do consumidor. Segundo ele, Rand encarou o projeto como um problema a ser resolvido, e não como um desafio artístico em si. 


"O significado de uma marca deriva da qualidade do que ela representa, e não o contrário.&qu…

O DESIGN E A CIDADE

Nesse meu percurso escrevendo sobre Brasília Cidade Criativa do Design, percebo ainda mais o quanto os acontecimentos são sazonais. São momentos de muitos eventos, e outros de pouca exposição. Dessa vez, temos muita promessa para o futuro, enquanto o aqui agora está por acontecer!
Semana passada houve importante encontro com a Adegraf e IESB, assim continuando a parceria estabelecida anteriormente com o convênio de desconto para associados Adegraf. 
Em 2019 está previsto em Brasília o "X Encontro Internacional de Políticas Públicas e Design", de 11 a 13 de setembro no Centro Universitário IESB; o último evento aconteceu em novembro de 2018 no Uruguay, organizado pela Red Latinoamericana de Políticas Públicas y Diseño, como momento de reflexão, colaboração, aprendizado, troca de experiências e impulsionamento de Políticas Públicas para o Design.
Políticas públicas de Design são importantíssimas e geram impacto positivo para o desenvolvimento econômico e social. 
Segundo Gabri…