7 de abr de 2011

12º Prêmio Jorge Salim de Excelência Gráfica

Organizado pelo Sindicato das Indústrias Gráficas do Distrito Federal (Sindigraf-DF), o Prêmio de Excelência Gráfica Jorge Salim chega em sua décima-segunda edição, sendo considerado o mais importante evento gráfico da região Centro-Oeste.
Participam, os trabalhos gráficos produzidos, no período de 01 de janeiro de 2010 a 31 de dezembro de 2010, por empresas do DF e do Entorno.
A edição deste ano abriu a possibilidade para empresas não associadas ao Sindigraf-DF participarem da disputa. Para João Ferreira dos Santos, presidente do Sindigraf-DF, a medida vem ao encontro da sua proposta de fortalecer a entidade: “Queremos imprimir uma nova identidade ao Sindicato. Para isso, precisamos da participação de todos. E esse é o primeiro passo desta nossa nova jornada”.
Na avaliação de Ubirajara Alves Costa, responsável pelo evento, o Prêmio cumpre seu propósito, que é estimular as empresas do DF a produzirem com mais qualidade técnica, o que consequentemente aumenta a visibilidade da Indústria Gráfica do DF. “A idéia do Prêmio é mostrar aos convidados todo o potencial do nosso Parque Gráfico.”
Uma das novidades deste ano será a entrega do Troféu Jorge Salim de Design Gráfico, uma iniciativa do Sindigraf-DF para reconhecer e valorizar a força criativa dos designers e diretores de artes do Distrito Federal e fortalecer a parceria entre criador e gráfica. 
Serão cinco troféus, distribuídos nas modalidades editorial e promocional. Os vencedores foram escolhidos a partir dos trabalhos inscritos no 12º Prêmio de Excelência Gráfica Jorge Salim.
De acordo com o presidente da Associação dos Designers do Distrito Federal (Adegraf), Eduardo Meneses, a criação de um prêmio específico para os profissionais de design gráfico brasilienses certamente estimulará o vínculo com as gráficas da cidade. “Essa é uma ação inovadora importante para os dois lados: para o profissional de design que aumenta a abrangência de seu campo de ação e de fornecedores, e para as gráficas, que ganham mais captadores. Afinal, os designers são os responsáveis pela produção dos trabalhos (peças) e muitas vezes por determinar onde eles serão impressos”, explica.