Pular para o conteúdo principal

The Beatles, a marca


Já conhece a história do logo “The Beatles”?
Neste video sensacional, o Vinyl Geek apresenta um dos mais icônicos logotipos de banda de todos os tempos – mesmo que nunca tenha aparecido em seus LPs originais!

https://youtu.be/9oDZ4uYxmFU 

No video, ele mostra que uma versão anterior foi usada por cerca de 4 meses apenas. Foi desenhada por Terry Tex O’hara, com base num esboço de Paul McCartney e trazia a inicial B com antenas – como um besouro (beetle, em inglês) 😯
Para a nova bateria de Ringo Starr, a loja Drum City, revendedora Ludwig, fez um acordo para manter sua marca no bumbo e desenhar um novo logo para a banda. Foi pedido que se enfatizasse BEAT (batida, em português) no nome The Beatles. E assim foi feito. Por 5 dólares!
Porém, mais do que um logotipo, The Beatles é “provavelmente a marca musical mais forte que já houve, mas a capacidade de renovar seu apelo comercial sempre surpreende”, disse Luiz Garcia, executivo da EMI. Além da indiscutível qualidade musical, o planejamento e os cuidados com a marca são responsáveis por manter sua coerência e vitalidade ao longo de tantas gerações.

Uma das táticas usadas é o tempo reservado entre os lançamentos de produtos da banda. Ao programar esses intervalos, os Beatles conseguem renovar constantemente sua legião de fãs. Por exemplo:
1987 - Digitalização e lançamento dos álbuns em CD
1995 - Anthology, projeto que reuniu Paul McCartney, Ringo Starr e George Harrison para a gravação de três álbuns com músicas inéditas deixadas por John Lennon, morto 15 anos antes. 
2000 - Lançamento do álbum Beatles 1, a primeira coletânea de grandes sucessos do grupo.
2006 - Lançamento do espetáculo Love, do Cirque du Soleil.
“Além de estratégica, a demora para levar novos produtos ao mercado tem uma explicação: a complexa rede de autorizações necessárias para o fechamento de cada contrato. Além dos ex-Beatles e de seus herdeiros, executivos da Sony/ATV (dona do catálogo com as músicas da banda) e da EMI (que detém o direito de distribuição dos álbuns) precisam avaliar cada proposta. Para que as decisões desse grupo sejam respeitadas, foi preciso criar uma rede de proteção com severas restrições ao uso da marca e uma afiada equipe de advogados. Os ex-Beatles vivos, Paul McCartney e Ringo Starr, e as viúvas Olívia Harrison (de George Harrison) e Yoko Ono (de John Lennon) não permitem a inclusão de músicas da banda em coletâneas com outros artistas, e a marca não pode ser vinculada a campanhas comerciais de produtos que não os dos próprios Beatles. Também são vetadas promoções com os discos da banda – até hoje eles são vendidos com preços de álbuns novos.” – Bill Stainton, autor do livro “5 Best Decisions the Beatles Ever Made”.



Os royalties são outra fonte gigantesca de renda para a marca. Entre um Yellow Submarine da Lego, um jogo de saleiro e pimenteiro inspirado por Sgt. Pepper, e um quebra-cabeça de 3 mil peças da Magical Mistery Tour, existe uma infinidade de produtos pagando direitos de uso pela produção intelectual da banda.

Apesar da preferência pelos Beatles não ser uma unanimidade musical, é inegável sua habilidade na gestão da marca durante esses mais de 50 anos. Sem dúvida, The Beatles é um caso de sucesso!

……… 
Claudia El-moor  www.eyedesign.com.br
Após ter trabalhado em grandes estúdios de São Paulo, desde 1997 atuo no desenvolvimento de identidades corporativas como diretora de criação e sócia da Eye Design, realizando projetos de criação e gestão de marcas, design editorial e promocional.
Me especializei em Gestão de Marcas no Canadá, após ter estudado Design Gráfico no Brasil e na Itália. Sou atuante nas associações de design ADG Brasil  e Adegraf, participando de suas diretorias, conselhos e do Júri da Bienal Brasileira de DesignGráfico e do Prêmio CLAP.

……… 

REFERÊNCIAS
https://youtu.be/9oDZ4uYxmFU 
https://www.fastcompany.com/90249407/how-the-beatles-got-their-famous-logo https://exame.abril.com.br/marketing/construcao-marca-eterna-538601/
https://www.amazon.com/s/ref=nb_sb_noss_1?url=search-alias%3Daps&field-keywords=beatles+merchandise

Postagens mais visitadas deste blog

Criação do Fórum Brasileiro de Design

Atenção: notícia exclusiva publicada em primeira mão pelo blog políticas de design hoje, dia 28 de novembro de 2008, foi criado, no centro design rio, o fórum brasileiro de design, entidade que se propõe a congregar as associações profissionais e acadêmicas e os centros de promoção de design brasileiros, estabelecendo, pela primeira vez, uma consonância de propósitos e atuações de toda a comunidade de design brasileira. o fórum brasileiro de design nasce da conclamação das associações reunidas durante a brazil design week, no sentido de se promover o alinhamento da atuação e de reivindicações, criando massa crítica e representatividade para se dialogar com o governo no planejamento e execução de políticas públicas de design e na realização coordenada de ações de promoção do design brasileiro. neste sentido, o fórum será um organismo supra-institucional, de representatividade conjunta de todas as associações e centros de promoção quando isto se fizer necessário. o fórum não pretende

Nova Tabela Referencial ADEGRAF 2013-2015

A nova Tabela Referencial da ADEGRAF está disponível para download! É uma importante ferramenta para os designers elaborarem os valores dos serviços de design. Acesso por ( Link ) e QRCode

BRASÍLIA CAPITAL DESIGN

O DESIGN E A CIDADE Nossa Brasília nasceu de um projeto inovador com a promessa de desenvolver o Centro do Brasil. A cidade de todos os brasileiros respira inovação e inspira criatividade!   Cidade Criativa da UNESCO* na área de Design, desde 2017,    este reconhecimento nos trouxe mais comprometimento em contribuir com a economia criativa, os direitos humanos, realizar eventos e exposições, deixando um legado consistente para a formação, inclusão e continuidade do titulo conquistado! Muita coisa boa já estava acontecendo nos últimos 5 anos, fizemos jus ao titulo! Há um ano tivemos aqui a 12ª Bienal de Design Gráfico, inédita em nossa cidade e ponto de partida para tantos excelentes eventos que acontecem atualmente, tais como, o Seminário Internacional de Economia Criativa (Brasília2060), Brasília Design Forum e o MAPA Design Brasília, bem como a 1ª Mostra Brasília Cidade Design, com diversas obras inspiradas em nossa capital, ícone do modernismo no Brasil. Há cada