Pular para o conteúdo principal

Concurso do Cartaz do 29 prêmio design Museu da Casa Brasileira



Inscrições prorrogadas até 3 de maio.
Entrega do cartaz impresso: até 7 de maio

As inscrições para o Concurso do Cartaz foram prorrogadas até 3 de maio, domingo, apenas para quem optar por pagamento via débito ou crédito. Pagamentos via boleto continuarão sendo aceitos apenas se efetuados até 30 de abril, mesmo para boletos com vencimento posterior.
Os prazos de entrega do cartaz impresso (18h do dia 7 de maio, de 2ª a 6ª feira das 10h às 18h, exceto feriados) e para a finalização da inscrição no site (0h de 7 de maio) continuam os mesmos. Atente-se às datas e em caso de dúvidas entre em contato pelo e-mail 29premiodesign@mcb.org.br.
Sobre o Concurso do Cartaz do 29º Prêmio Design MCB
Principal premiação de design do país, o Prêmio Design MCB começa sua 29ª edição com o Concurso do Cartaz. Até 3 de maio as inscrições estão abertas aqui pelo site, no qual é possível também conferir o regulamento completo e efetivar o pagamento da taxa de participação de R$40. Será oferecido desconto para grupos de 10 ou mais estudantes sendo que, para isso, é necessário que o professor responsável pelo grupo entre em contato com o MCB (pelo e-mail 29premiodesign@mcb.org.br).
O concurso, realizado pelo Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, desafia profissionais e alunos de diversas formações como design gráfico, desenho industrial, arquitetura, fotografia, artes plásticas, publicidade e os demais interessados a criar a principal peça de divulgação da premiação. Os trabalhos serão avaliados por uma comissão julgadora independente, formada por acadêmicos e profissionais da área. 
O cartaz eleito, que inspira a identidade visual da edição, será impresso pelo MCB e distribuído para divulgar as inscrições da premiação. Seu autor receberá prêmio de R$3 mil e terá, posteriormente, um contrato no valor de R$5 mil para a criação de outras peças gráficas desta edição. 
Ponto de partida para o desenvolvimento da identidade, o cartaz não tem tema definido e deve considerar critérios como impacto visual e criatividade. Além do vencedor, o júri também escolherá cartazes finalistas, que farão parte da exposição 29º Prêmio Design, em exibição a partir de 26 de novembro no Museu da Casa Brasileira.
O Prêmio Design MCB adotou o cartaz como peça central de sua comunicação a partir de 1989. Em 1995, passou a realizar sua escolha por meio do concurso que, além de registrar parte do momento vivido pelo design gráfico nacional, também sinaliza a importância e a busca de espaço do cartaz como meio de expressão. 
Confira aqui o regulamento desta edição do Concurso do Cartaz.
Sobre o Prêmio Design MCB
O Prêmio Design Museu da Casa Brasileira, realizado pela instituição desde 1986, desfruta de grande prestígio no segmento, com uma história que reflete a trajetória da consolidação da identidade do design nacional. Revelação de talentos e consagração de profissionais, o Prêmio Design é a mais tradicional e reconhecida premiação do segmento no Brasil. 

Postagens mais visitadas deste blog

Tabela Referencial de Valores da Adegraf 2016-2018

Está no ar a nova Tabela Referencial de Valores da Adegraf. Trabalho desenvolvido a muitas mãos, a Tabela deste ano está mais completa e muitos termos foram revistos e atualizados, visando sua melhor compreensão por parte do público, tanto dos profissionais que a utilizam quanto do mercado.
Esperamos que ela continue servindo de referência a todos e agradecemos o trabalho conjunto dos associados que ajudaram na realização deste projeto. Clique aqui para fazer o download ou copie e cole o link: http://media.wix.com/ugd/819e53_64a1447f6e234ee79612f012c49dd43e.pdf

Diretoria Adegraf


A Marca do Designer

Em 1986, após sua saída da Apple, Steve Jobs chamou Paul Rand – um dos mais influentes designers gráficos do século XX – para criar a marca de sua nova empresa, a NeXT. Desse projeto, Jobs tirou lições que, segundo ele, todo o designer, cliente ou empreendedor deveria considerar.
Nesta entrevista, ele contou como foi trabalhar com Paul Rand e o que aprendeu com o designer. 

Já nós, designers, podemos aprender com a postura profissional de Paul Rand, se posicionando como especialista para resolver o problema da empresa. Jobs o descreve como, “mais que um artista, um solucionador de problemas de negócios”.
Steve Jobs desejava que sua nova empresa tivesse um símbolo que fosse imediatamente associado à marca – algo que leva muito tempo e dinheiro para acontecer na mente do consumidor. Segundo ele, Rand encarou o projeto como um problema a ser resolvido, e não como um desafio artístico em si. 


"O significado de uma marca deriva da qualidade do que ela representa, e não o contrário.&qu…

O DESIGN E A CIDADE

Nesse meu percurso escrevendo sobre Brasília Cidade Criativa do Design, percebo ainda mais o quanto os acontecimentos são sazonais. São momentos de muitos eventos, e outros de pouca exposição. Dessa vez, temos muita promessa para o futuro, enquanto o aqui agora está por acontecer!
Semana passada houve importante encontro com a Adegraf e IESB, assim continuando a parceria estabelecida anteriormente com o convênio de desconto para associados Adegraf. 
Em 2019 está previsto em Brasília o "X Encontro Internacional de Políticas Públicas e Design", de 11 a 13 de setembro no Centro Universitário IESB; o último evento aconteceu em novembro de 2018 no Uruguay, organizado pela Red Latinoamericana de Políticas Públicas y Diseño, como momento de reflexão, colaboração, aprendizado, troca de experiências e impulsionamento de Políticas Públicas para o Design.
Políticas públicas de Design são importantíssimas e geram impacto positivo para o desenvolvimento econômico e social. 
Segundo Gabri…