Pular para o conteúdo principal

O DESIGN E A CIDADE

Nesse meu percurso escrevendo sobre Brasília Cidade Criativa do Design, percebo ainda mais o quanto os acontecimentos são sazonais. São momentos de muitos eventos, e outros de pouca exposição. Dessa vez, temos muita promessa para o futuro, enquanto o aqui agora está por acontecer!

Semana passada houve importante encontro com a Adegraf e IESB, assim continuando a parceria estabelecida anteriormente com o convênio de desconto para associados Adegraf. 

Em 2019 está previsto em Brasília o "X Encontro Internacional de Políticas Públicas e Design", de 11 a 13 de setembro no Centro Universitário IESB; o último evento aconteceu em novembro de 2018 no Uruguay, organizado pela Red Latinoamericana de Políticas Públicas y Diseño, como momento de reflexão, colaboração, aprendizado, troca de experiências e impulsionamento de Políticas Públicas para o Design.

Políticas públicas de Design são importantíssimas e geram impacto positivo para o desenvolvimento econômico e social. 

Segundo Gabriel Patrocínio, autor do Livro "Design e Desenvolvimento, 40 anos depois" (1), não é nova a ideia de que o Design deve integrar o rol de ferramentas governamentais para enfrentar problemas complexos de gestão e políticas públicas. Nos dias atuais não se fala mais unicamente em políticas de design, mas também no design de políticas. No primeiro caso o design é um instrumento de promoção de desenvolvimento, enquanto que no segundo ele é utilizado na elaboração de políticas públicas. 

O Design contribui para a promoção do desenvolvimento estratégico da economia e da sociedade, ao trazer para o setor público e para o ambiente empresarial o resultado de uma conexão entre as ferramentas de educação, pesquisa e inovação.

A ONU classifica o Design como propulsor da Economia Criativa, ao propor soluções inovadoras para problemas cotidianos. Edna dos Santos-Duisenberg, autora dos dois primeiros relatórios sobre a Economia Criativa editados pela ONU, comenta que o Design Thinking vem sendo muito utilizado para implementação de políticas públicas, sustentabilidade e planejamento urbano das cidades. Esse processo colabora para a humanização e criação de espaços mais inclusivos, inovadores e sustentáveis, promovendo mais efetivamente o bem estar social e consequentemente trazendo impacto positivo para a economia local (2). Segundo o relatório de 2018 (3), o Design vem liderando o mercado mundial entre as indústrias criativas.

Pensar o Design é tão importante quanto respirar!

REFERÊNCIAS:


(2) fonte: texto de apresentação do livro citado (1)



+ LINKS:



BRASÍLIA: CIDADE CRIATIVA DO DESIGN

_" Brasília, a capital criada do zero no centro do país, em 1956, foi um marco na história do planejamento urbano. O urbanista Lúcio Costa e o arquiteto Oscar Niemeyer pretendiam que cada elemento – da arquitetura das áreas residenciais e administrativas (frequentemente comparadas à forma de um pássaro durante o voo) à simetria dos próprios edifícios – estivesse em harmonia com o design geral da cidade. Os edifícios oficiais são especialmente inovadores e criativos.l".
Data de inscrição: 1987 - Fonte: ©UNESCO/ Edson Fogaça

Nota: "Brasília recentemente ganhou dois totens de sinalização turística em homenagem ao título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

A iniciativa foi realizada em parceria entre Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer, Secretaria de Cultura e Secretaria de Gestão do Território e Habitação, com a cooperação internacional da Unesco e a aprovação do Instituto do Patrimônio Histórico, Artístico e Nacional (IPHAN)". 



VAI ACONTECER:

MARCADORES:
#Design #PolíticasPublicasDesign #ADEGRAF
#EconomiaCriativa #DesignThinking #BrasiliaCidadeDesign

Eneida Figueiredo
Designer Gráfica, Ilustradora e Associada Fundadora da ADEGRAF, onde atua como membro do Conselho Deliberativo. Formada em Artes Visuais pela UnB e com especialização em Marketing pela ESPM, atualmente é Sócia na Caju Design. Desde sempre apaixonada por Design, Inovação e Economia Criativa.
skype: eneidafigueiredo

Postagens mais visitadas deste blog

Criação do Fórum Brasileiro de Design

Atenção: notícia exclusiva publicada em primeira mão pelo blog políticas de design hoje, dia 28 de novembro de 2008, foi criado, no centro design rio, o fórum brasileiro de design, entidade que se propõe a congregar as associações profissionais e acadêmicas e os centros de promoção de design brasileiros, estabelecendo, pela primeira vez, uma consonância de propósitos e atuações de toda a comunidade de design brasileira. o fórum brasileiro de design nasce da conclamação das associações reunidas durante a brazil design week, no sentido de se promover o alinhamento da atuação e de reivindicações, criando massa crítica e representatividade para se dialogar com o governo no planejamento e execução de políticas públicas de design e na realização coordenada de ações de promoção do design brasileiro. neste sentido, o fórum será um organismo supra-institucional, de representatividade conjunta de todas as associações e centros de promoção quando isto se fizer necessário. o fórum não pretende

Nova Tabela Referencial ADEGRAF 2013-2015

A nova Tabela Referencial da ADEGRAF está disponível para download! É uma importante ferramenta para os designers elaborarem os valores dos serviços de design. Acesso por ( Link ) e QRCode

BRASÍLIA CAPITAL DESIGN

O DESIGN E A CIDADE Nossa Brasília nasceu de um projeto inovador com a promessa de desenvolver o Centro do Brasil. A cidade de todos os brasileiros respira inovação e inspira criatividade!   Cidade Criativa da UNESCO* na área de Design, desde 2017,    este reconhecimento nos trouxe mais comprometimento em contribuir com a economia criativa, os direitos humanos, realizar eventos e exposições, deixando um legado consistente para a formação, inclusão e continuidade do titulo conquistado! Muita coisa boa já estava acontecendo nos últimos 5 anos, fizemos jus ao titulo! Há um ano tivemos aqui a 12ª Bienal de Design Gráfico, inédita em nossa cidade e ponto de partida para tantos excelentes eventos que acontecem atualmente, tais como, o Seminário Internacional de Economia Criativa (Brasília2060), Brasília Design Forum e o MAPA Design Brasília, bem como a 1ª Mostra Brasília Cidade Design, com diversas obras inspiradas em nossa capital, ícone do modernismo no Brasil. Há cada