16 de out de 2008

Reunião aberta (RA) - Ata da Reunião

REUNIÃO ABERTA REALIZADA EM 6/10/2008
Cafeteria Cornhills Comercial 202 Sul

Às dezenove horas e quarenta e cinco minutos do dia seis do mês de outubro do ano de dois mil e oito, em segunda chamada (a primeira ocorreu às dezenove horas), reuniram-se na Cafeteria Cornhills, na Comercial 202 Sul, os associados: Aline Pereira, Maria Maximina T. Rodrigues, Luana Wernik, David Borges, Wagner Alves, Paula Pereira Scherre, Tereza Pires e Renato Berlim Fonseca para a Reunião Aberta cuja pauta tratava do posicionamento da ADEGRAF em relação aos Concursos Públicos e Licitações. A reunião foi aberta pela presidente Aline Pereira, que divulgou os Cursos do Espaço ECCO, o Concurso Max Feffer e a II Bienal de Design. A seguir, o vice-presidente Wagner Alves relatou a reunião que a diretoria da ADEGRAF (representada por ele e pela presidente Aline Pereira) teve com uma Consultoria de Advocacia, representada pelo Sr. Roberto Machado para discutir as questões relativas a concursos e licitações. A assessoria jurídica, neste primeiro momento, constatou algumas fragilidades no Estatuto da Associação, que impossibilitam a ADEGRAF de representar legalmente seus associados. Para que um novo Estatuto seja feito, cobrindo questões que não foram previstas, a assessoria jurídica terá que fazer um detalhamento minucioso. E numa segunda etapa os associados serão consultados a respeito de várias questões (inclusive se concordam que a ADEGRAF os represente legalmente em questões relativas à profissão). Depois uma Assembléia será convocada para expor os pontos a serem alterados e para esclarecer dúvidas. E finalmente depois disso será elaborado um novo Estatuto que deverá ser levado a cartório para autenticação. Após essa consulta preliminar com a assessoria jurídica, o que foi definido é que, por hora, a ADEGRAF tem apenas o poder de instruir seus associados, porém não pode representá-los legalmente. No caso do Concurso do Senado, que vem sido muito comentado, a nossa sugestão é que os associados façam o concurso e, caso passem, entrem, com um mandado de segurança como pessoa física. A associada Luana Wernik sugeriu que a Associação entrasse em contato com o Diretor Geral do Senado e marcasse uma audiência a fim de tornar formal a retificação do Edital do Concurso. Outra proposta sugerida pela Assessoria Jurídica foi a criação de um padrão ISO para o Design, por meio de uma documentação dos processos. Sugeriu também que fosse feita uma série de normas técnicas e regras ABNT que orientassem que o processo fosse realmente realizado por designers, trazendo credibilidade e segurança aos contratantes dos serviços. E, sobretudo, agregando valor ao Design. Essa sugestão foi, inclusive, enviada por e-mail pelo vice-presidente Wagner Alves aos demais integrantes do Comitê de Regulamentação do Design. Foi comentada também a participação da ADEGRAF no Brazil Design Week e como a ADEGRAF possui credibilidade muito forte a nível nacional. A associada Tereza Pires recebeu formalmente o convite para participar do Conselho de Ética e aceitou fazer parte do quadro. Por último, ainda houve distribuição da Cartilha Reflita, da Tabela Referencial de Valores e do Código de Ética da ADG. A reunião teve seu término às vinte horas e quarenta e cinco minutos.


Aline Pereira
Presidente da ADEGRAF


Maria Maximina Tavares Rodrigues
1ª Secretária da ADEGRAF

--------
Fotos da reunião